Orquídea

A escolha de um tutor vivo (árvores)

O melhor ambiente para criar as suas orquídeas é o mais próximo possível ao como elas vivem na natureza.
Por isso, o melhor substrato, são as árvores, mas é preciso ter cuidado com a escolha.
É importante que a árvore escolhida tenha uma casca áspera ou rugosa. Nenhuma orquídea gosta de casca lisa, como a da areca, elas possuem uma espécie de resina que dificulta o enraizamento das orquídeas.
Para você se inspirar:

 

 

árvores

 

árvores

 

 

árvores
Para prendê-las na árvore, suas raízes precisam ser bem limpas, pois assim irão se fixar melhor no tutor.

Amarre com um barbante grosso, os finos machucam as raízes, de forma que ela fique firme, mas não aperte demais para não machucar a planta.

 

Dica:

Use um substrato temporário, como o musgo esfagno, encontrado em lojas que vendem plantas. O substrato temporário protegerá as raízes da exposição ao tempo e as manterão com um pouco de umidade. Observe sua planta, surgindo raízes novas (verdes), é sinal de que está tudo indo bem, mas se você perceber folhas rugosas (foto abaixo), isso indica sinal de falta de água.

 

árvores
Folha ressecada – indicação de falta de água, outro sintoma é: raízes pequenas e em pouca quantidade. Essa planta será transferida para uma incubadora, para tentar se recuperar. Farei um post a respeito.

 

Quando estão fixadas em árvores, as orquídeas gostam de regas diárias. Na primeira semana de transplante para a árvore, você deve molhar, preferencialmente, no início da manhã e no final da tarde, pois ela precisará de mais regra.
Em até 3 meses, a planta já começará a fixar as suas raízes, mas somente entre 12 meses e 18 meses, ela estará presa sem precisar do suporte do barbante.
É importante que você coloque musgo estafagno ou uma manta de fibra de coco, para proteger as raízes.
Adubo pode ser quinzenal ou mensal, mas mantenha uma regra. Não adube no sol, opte em adubar no final da tarde, após às 16h, para evitar queimar a planta.
Fonte dos Artigo : cynthiablanco.blogspot.com.br

Deixe o seu comentário