Orquídea

Como Cuidar de Dendrobium Thyrsiflorum – Dicas e Cuidados

A maioria dos Dendrobiuns apreciam regiões de clima tropical, e por esse motivo se adaptaram bem as condições brasileiras. As espécies mais conhecida que representa o genero no Brasil é o Dendrobium nobile, mais conhecido por “olho de boneca”, por causa do tom das contrastantes do labelo em relação as pétalas e sépalas e pela diversidade de cores das flores.

É uma planta que está perfeitamente adaptada as condições climáticas do Brasil em regiões que tem uma estação de frio, onde passam pela diferença térmica de temperatura do dia para a noite e experimentam um ar mais seco que causa um stress hídrico, fazendo com que a planta até perca as folhas, mas permitindo que ela floresça abundantemente para proliferar a espécie e formando belíssimos arranjos florais que perduram em média por 20 dias.

Quando cultivado em casa o “olho de boneca” deve ser adaptado e seguir algumas dicas para que floresça abundantemente no outro ano. Os dendrobiuns na sua grande maioria floresce apenas uma vez ao ano,mas tem a característica de florir mais de uma vez no mesmo bulbo por isso tem que caprichar no cultivo!

Para lançar flores a espécie precisa de uma diminuição das regas depois de Abril e adubação com mais fosforo pois a medida que os novos bulbos crescem eles acumulam energia para a floração que ocorre 60 dias depois que começa o inverno e para isso a rega que já tinha sido reduzida deve ser parada apenas borrifando as folhas no final da tarde quando a temperatura cai fazendo a planta sentir a diferença térmica do dia para a noite de forma mais acentuada. o estresse hídrico e a diferença térmica fazem a planta emitir botões florais em abundância.

As flores saem da lateral do bulbos tipo cana através de gemas de brotação, que servem tanto para emitir flores, como também para brotação de “keikes”( em havaiano significa bebê). Caso a rega não seja suspensa ou chova muito no inverno o dendrobium nobile emite keikes ao inves de flores, que poderão ser destacadas da planta mãe após estarem com pelo menos duas raizes de mais de 5cm para que as novas mudas se desenvolvam melhor no novo vaso.

O replantio do Dendrobium também tem seus segredos. A espécie possui raizes finas e mais frágeis que quebram com facilidade, e por isso no replante a planta precisa ficar bem firme para que continue o crescimento, caso contrario a planta para de se desenvolver. Nessa hora é necessário um pouco de pratica para deixar a planta firme.

A mistura de carvão vegetal pedra pequena e casca de pinus é muito bem aceita pelos Dendrobiuns pois permite o arejamento no substrato. Essa mistura é indicada para o plantio em vaso plástico com dreno no fundo do vaso(pode ser isopor),pois permite uma umidade melhor com um substrato ventilado. veja as fotos de replantio de keikes:

Como Cuidar de Dendrobium Thyrsiflorum| Veja o Vídeo

1 Comment

Deixe o seu comentário