Geral Orquídea

Como fazer uma Kokedama para orquídeas | 2 super Dicas

Kokedama é a junção das palavras koke=musgo e dama=bola. A bola de musgo é uma técnica japonesa, variante do bonsai. O arranjo está super na moda e os viciados no Pinterest, como eu,  já devem ter se deparado com os maravilhosos jardins suspensos por fios, ou string garden.

Para preparar as kokedamas você vai precisar de areia, argila, substrato para bonsai, musgo, barbante, fio de nylon ou arame e escolher a muda que será plantada. Teoricamente, todas as plantas se adaptam à técnica, mas assim como os bonsais, algumas podem se adaptar melhor. “Podemos usar mudas de rosa, orquídea, frutíferas, palmeiras, suculentas e muitas outras”, afirmou a paisagista.

De acordo com ela, a única diferença entre uma kokedama e uma planta em um vaso é que o musgo faz o papel do vaso e, por isso, é necessário aumentar as regas – já que o principal cuidado é manter o musgo sempre úmido. O adubo também precisa ser líquido e borrifado mensalmente.

A dica da Mônica é escolher plantas que não precisam ficar muito expostas ao sol, como samambaias, suculentas e orquídeas, porque se adaptam melhor. Ela explicou que depois de alguns testes percebeu que a exposição das plantas deve ser de até três horas por dia.

Caso opte por árvores frutíferas, elas continuarão dando frutos normalmente, já que os cuidados são os mesmos. Como as raízes não ficam amarradas, mas fixadas por cordas ou barbantes, suas raízes não são danificadas. Só é preciso ficar atento ao crescimento das plantas. “Assim como transplantamos uma planta para um vaso maior, quando as kokedama se desenvolvem, é preciso fazer o mesmo. As raízes começam a sair dessa bola e aí é só fazer outra mistura aplicar em volta da bola antiga e colocar novo musgo e amarrar”, explicou Mônica.

Confira o passo a passo e comece o seu jardim suspenso:

2 Comments

Deixe o seu comentário