Orquídea

Guia da Oncidium

Este é mais um dos grandes gêneros, com aproximadamente 600 espécies distribuídas por toda a América tropical, desde o México até o norte da Argentina. No Brasil são aproximadamente 100 espécies.

A grande maioria das espécies é epífita, ou seja, vivem fixadas nas árvores, mas também existem terrestres e rupícolas (vivem em pedras).

Seu cultivo é comum em vasos de barro, sempre com excelente drenagem, ou em placas de peroba, sempre com água abundante durante todo o ano.

 

Oncidium lanceanum

Oncidium (lanceanum x (tricaocidin x lanceanum) x lanceanum


Oncidium  Flotação

Os tons mais comuns são: amarelo, róseo, branco e castanho Suas flores são pequenas, delicadas e muitas vezes perfumadas.

A durabilidade da floração varia de uma semana a 40 dias, dependendo da espécie de Oncidium.

Quando a flor possui aroma, costuma ser bastante acentuado, como é o caso da Oncidium Sharry Baby, que quando está no auge da floração, exala cheiro de chocolate que chega a abrir o apetite.

Sharry Baby
Curiosidade: a
Oncidium Retemeyerianum florece praticamente o ano todo, pois as flores vão surgindo a partir das mais velhas que caem, ou seja, sempre há duas ou três flores abertasA época de floração varia de espécie para espécie.

97º Exposição de Orquídeas

97º Exposição de Orquídeas

Oncidium Cultivo

É impossível ditar regras de cultivo que sirvam para todo Oncidium, pois existe uma variação muito grande devido ao grande número de espécies.

De modo geral, o cultivo desta planta é extremamente fácil: precisam de boa circulação do ar, luminosidade de 50% e boa umidade do ar.

É importante destacar que apreciam mais a umidade do ar elevada do que o substrato molhado.

Outra informação relevante é que se mantidos em ambientes de pouca ventilação ou com plantas muito aglomeradas, tem grande facilidade de serem atacados por fungos e bactérias.

Oncidium flexuosum

Guia da Oncidium, Adubação e Substrato

Fonte dos Artigo : cynthia blanco

Deixe o seu comentário